Fechar
  • Unidade Itaim
    (11) 3040-1100
  • Unidade Morumbi
    (11)3093-1100
  • Unidade Anália Franco
    (11) 3386-1100
  • Unidade Jabaquara
    (11) 5018-4000

São Luiz na Fórmula 1

 

Os médicos do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 são os mesmos médicos que atuam nas unidade Itaim, Morumbi e Anália Franco do São Luiz.

Em 2001, o São Luiz foi eleito o Hospital Oficial do Grande  Prêmio Brasil de Fórmula 1. Os investimentos em tecnologia especializada e no constante aperfeiçoamento do atendimento contribuíram para, em 2007, o Hospital receber elogios de Gary Hartstein, delegado médico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que classificou a equipe médica como uma das mais capacitadas, motivadas e bem lideradas da temporada.

Ao assumir o atendimento médico do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, a equipe passa por uma completa estrutura de treinamentos específicos desde médicos, bombeiros e demais profissionais que atuam na assistência do circuito. O São Luiz também é o hospital oficial de provas nacionais de automobilismo, como as etapas paulistas do Campeonato Brasileiro da Stock Car.

Para o evento, o São Luiz coloca à disposição 150 profissionais da saúde, dos quais 39 são médicos e 15 enfermeiros. A equipe reúne ortopedistas, cardiologistas, cirurgiões torácicos, neurológicos e plásticos especializados em queimaduras, entre outras especialidades.

 

 

 

Centro Médico

 

A cada edição, a empresa monta um Centro Médico no autódromo de Interlagos, equipado com a tecnologia disponível em um hospital de primeira linha e apto a atender aos mais complexos procedimentos. Ao todo, são seis leitos para atendimento ambulatorial; outros três na sala de emergência, destinados à observação, sendo um para queimados e dois para politraumatizados; na UTI, mais dois leitos, e um no centro cirúrgico.

 

O Centro Médico do São Luiz tem:

 

  • Recepção
  • Sala para a diretoria médica
  • Sala de médicos equipada com monitoramento de câmeras para o controle da pista
  • Ambulatório para primeiros socorros
  • Unidade de Terapia Intensiva - UTI
  • Sala de suporte à vida e queimados
  • Sala de raios X e ultrassom
  • Lâmpada de fenda (oftalmologia)
  • Laboratório de análises clínicas
  • Almoxarifado/Farmácia
  • Depósito de material de limpeza
  • Quarto para expurgo

 

 

 

Frota para Atendimento Médico



A frota do São Luiz para atendimento médico é composta de seis veículos distribuídos por todo o traçado, sete ambulâncias e dois helicópteros, sem contar as duas equipes médicas que ficam nos boxes.


Veja abaixo como cada veículo é equipado:

1 Medical Car: com piloto, médico da FIA (Gary Hartstein) e um cirurgião do Hospital São Luiz com especialização em trauma; é equipado com mala de ressuscitação com kit para cricofaringostomia (procedimento de urgência em que é feita uma incisão no pescoço para desobstruir a via aérea pela traqueia quando o piloto não consegue respirar), torpedo de oxigênio com aspirador e nebulizador (que transforma uma preparação líquida em aerossol), monitor e desfibrilador cardíaco, colar cervical, colchão de imobilização a vácuo, material para imobilização de membros e tesoura forte.

3 Carros de Intervenção Rápida: com 1 piloto, 2 médicos, 1 bombeiro; são equipados com mala de ressuscitação, kit para cricofaringostomia, torpedo de oxigênio com nebulizador e aspirador, monitor e desfibrilador cardíaco.

2 Carros de Extração de Pilotos: com 1 piloto, 2 médicos, 4 socorristas, 2 bombeiros especialistas em desencarceramento; são equipados com colar cervical, ferramentas e cintas para retirada do assento removível, ferramentas para desencarceramento, prancha de imobilização e colchão de imobilização a vácuo.

9 Ambulâncias: com 1 motorista, 1 enfermeiro e 1 médico; são equipadas com mala de ressuscitação com kit para cricofaringostomia, monitor e desfibrilador cardíaco, aspirador de secreções, oxímetro digital, duas bombas de infusão de drogas, colar cervical, material para imobilização de membros e tesoura forte.

2 Helicópteros: com 1 comandante, 1 médico e 1 enfermeiro; são equipados com mala de ressuscitação, monitor e desfibrilador cardíaco, torpedo de oxigênio, respirador, aspirador de secreções e oxímetro digital.

Páginas relacionadas